VAREJO VIRTUAL

ilustracao_news_op02

VAREJO VIRTUAL

No Brasil, no final de 2015, as compras por aparelhos móveis (celulares e tablets), dois terços por smarthphones e um terço por tablets, chegará a 20% das compras por e-commerce, segundo pesquisa Criteo. No gráfico abaixo, vemos o crescimento do primeiro trimestre de 2015, em comparação as estimativas para o quarto trimestre do ano. 

grafico

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A estimativa do eMarketer é de que a população total de “compradores por aparelhos móveis” alcançará 38 milhões de consumidores este ano, crescimento de 9.7% em relação a 2014, representando 23.7% da população do país, ou 41% da população dos internautas brasileiros.

Se 4 entre 10 internautas compram por celulares, é obvio o crescimento de importância desse meio para o marketing e comunicação das empresas nos próximos anos.

O trade digital é a nova disciplina a ser desenvolvida, a ser melhor estudada e entendida, para uma futura aplicação com eficiência e resultado, mais uma vez voltamos às velhas catracas do sistema, investimento x tracking x resultado / ROI.

Difícil missão em projetarmos o limite desse crescimento, os valores desse modelo mercantil cibernético com os conhecidos absurdos custos de logística deste país. Equação que somente será resolvida ou entendida na tentativa e erro, mas quanto as indústrias, que já atuam com margens diminutas pelo custo Brasil, estão dispostas a investir nesse futuro ou pagar para aprender?

TRADE VIRTUAL- Expressão sem definição institucionalizada mundialmente, porta de entrada para o varejo virtual one to one, comunicação one to one, desejo one to one, expectativa one to one, relacionamento com a marca one to one, predição de compra one to one, oportunidade de reinvenção para a indústria, para a loja física, para a loja virtual e para toda a cadeia que permeia o ato do desejo, a ação de escolha, do local da compra e da compra definitiva.

A construção do Big Asset começa por conhecer cada um, entender cada um, atuar com a massa e, através dela, definindo as marcas que serão desejadas, ativando a ação da escolha, o place de atuação e a venda final.

Sejam todos bem vindos ao futuro, ao Big Asset!

www.zicardttma.com.br