O monstro digital chegou, o jeito é correr?

O monstro digital
chegou, o jeito é
correr?

Com um aumento de 33% em relação ao ano anterior e totalizando US$ 22,52 bilhões até agora, em 2017 as vendas de viagens através das plataformas digitais na Índia vão muito bem, melhor do que todas as expectativas do setor.

Agências digitais, conhecidas como “OTAs”, como é o caso da MakeMyTrip e da Yatra, estão superando a queda dramática do comércio eletrônico na região e conquistando cada vez mais consumidores para suas plataformas.

Quando falamos de vendas de viagens digitais na Índia, consideramos todo o business e incluímos aí desde aluguel de carros, cruzeiros marítimos e hotéis, como é o caso da Airbnb.

Estima-se que até 2021 as vendas nesse universo cheguem a US$ 39,09 bilhões. Sem dúvida, uma grande ameaça definitiva às agências físicas. Até quando essas aguentarão?

Lembrando que na região do Ásia Pacífico, a expectativa para 2017 é de uma venda US$ 214,07 bilhões, número maior do que na América do Norte. Sem dúvida o monstro é um monstro.

Como fazer? Simples, forme uma equipe e construa desde já seu mundo digital, seja você do mercado de conserto de roupas, de lavagem de carros, ou de venda de empadinhas a domicílio. Qualquer que seja o setor, prepare-se para, no máximo em 5 anos, estar assistindo o mundo passar, ou para fazer parte dele.

Lembrando que esses monstros nasceram bem pequenos, sem expressão alguma.