Conheça o RTM

news

Conheça o RTM
Real Time Marketing

Os profissionais de marketing têm adotado o marketing em tempo real (RTM) para chegar a diversos objetivos, e seus esforços não estão limitados apenas aos meios de comunicação social. Uma pesquisa recente conclui que os “Traders” estão canalizando mais dinheiro no RTM e estão colhendo os benefícios.

A pesquisa da Wayin, realizada em março de 2015, analisou 200 comerciantes norte-americanos que trabalham com o marketing em tempo real. O levantamento descobriu quais foram as diversas razões que motivaram a utilização do RTM: 56% dos entrevistados alegaram que era a melhor forma de “criar relacionamento com o cliente”; já 55% o fizeram para promoção de eventos.

O aumento do engajamento social, a identificação de clientes e segmentos como complemento à estratégia global do comércio eletrônico foram citados como objetivos do RTM por algo em torno de 50% dos entrevistados.

A mídia social é o lugar ideal para interagir com os consumidores em tempo real, e o estudo constatou que sensibilizá-los com novidades, notícias e eventos sociais, bem como se envolver com os clientes em tais plataformas, foram incluídos como premissas do RTM por 58% dos participantes da pesquisa.

Na sondagem, 62% citaram a automação do marketing, em ações como disparar e-mails em resposta à compra ou consumo, como parte de seus esforços em RTM. Materiais personalizados, com base nas interações e criação de conteúdo em tempo real, tais como blogs, foram usados e citados pela maioria dos entrevistados também.

Entre os entrevistados, 58% atribuíram mais de 40% de seus orçamentos de marketing para RTM, e quase seis em cada 10 disseram que vão aumentar os investimentos no próximo ano.

Isso faz sentido quando se considera o maior retorno sobre o investimento (ROI) que os entrevistados já conquistaram em todos os tempos com o marketing em tempo real. 

Devemos lembrar que a tática do RTM se torna quase impossível de ser implantada ao mercado de consumo de massa para as marcas líderes, com dezenas de milhões de embalagens vendidas todos os meses.

Mas, mesmo assim, o trabalho de respostas nas mídias sociais vem crescendo muito e praticamente todas as grandes marcas já operam com “áreas de controle da mídia social”. Essa atitude é mais estratégica do que tática e de fundamental importância para o branding das marcas.

Precisamos propagar em todas as plataformas, ativar em todos os canais, monitorar as mídias sociais, interagir com os clientes, responder e defender nossa marca para sobreviver no marketing de hoje. O que não vemos é a possibilidade de aplicação do “marketing pós-venda”, no qual seu investimento só se realiza quando seu produto é comprado pelo consumidor.

Parece estranho, mas isso existe! É o desconto, ou ponto, ou outra qualquer outra ativação que se realiza no sell out. No momento em que o consumidor passa o código de barras de seu produto no check out e recebe um desconto ou um benefício por isso, pela escolha de sua marca.

Sim, isso existe, e com capilaridade nacional. Chama-se Trade Vision, uma plataforma proprietária da: www.zicardttma.com.br. Acesse e saiba mais.

Baseado em matéria do eMarketer.